Em Assembleia histórica PMs sinalizam rejeição à proposta do Governo no caso da Bolsa Desempenho
";

Autor:

Publicado em 17 de Maro de 2021

O Clube dos Oficiais, a Caixa beneficente e a Associação dos Inativos, realizaram Assembleia conjunta para avaliação pelos policiais da proposta do Governo do Estado para pagamento de retroativo da bolsa desempenho.
 
Pela primeira vez na história as entidades realizaram uma assembleia remota para analisar a proposta do Governo do Estado e após parecer das entidades pela rejeição os policiais sinalizaram que vão votar contra a proposta do Estado.
 
 
A proposta do Governo foi de pagar o retroativo de 2019 a fevereiro a 2021, com deságio de 50% do valor total, o que ficaria em torno de R$ 96 milhões , dividido em 96 meses , ou seja, cerca de R$ 1 milhão por mês para ser pago nos contracheques dos policiais beneficiados
 
A proposta do Governo em relação ao período de 2012 a 2018 , o chamado passivo da gratificação da bolsa desempenho, seria pago através de precatório.
 
A proposta do Governo não contempla implantação da bolsa desempenho para os policiais e bombeiros inativos.
 
Após a proposta o Clube dos Oficiais e a Caixa Beneficente anunciaram parecer das diretorias das duas entidades pela rejeição da proposta do Governo. Em seguida o advogado Márcio Garcia anunciou o parecer jurídico, também pela rejeição da proposta.
 
Ao final foi aberta a votação para os sócios do Clube dos Oficiais, Caixa Beneficente e Associação dos Inativos.
 
Todos os sócios ativos e inativos do Clube e da Caixa podem votar até às 15h desta quarta-feira, dia 16, através dos sites das entidades.